× Fechar

Artigos & Receitas

17 dez

Quais são os aminoácidos não essenciais?

E para fechar a última parte das proteínas, os aminoácidos não essenciais.

São os que o corpo produz (embora condicionalmente possa não ser suficiente) e suas funções:

•Alanina: na forma de Beta-alanina, tem efeito tamponante, melhora o desempenho esportivo e a fadiga.

• Prolina: atua na formação do colágeno e prevenção da aterosclerose.

• Asparagina: importante para o desenvolvimento dos neurônios e desempenho de atletas.

•Arginina: bom para a produção de óxido nítrico, que nos dá energia. Serve como vasodilatador.

•Cisteína: bom para as funções hepáticas, precursor da glutationa peroxidase (enzima antioxidante), podendo ter efeito neuroprotetor.

•Glutamina: é o mais abundante no corpo e está envolvida em vários processos metabólicos, além de ser importante na reparação do intestino. Baixos níveis estão associados a imunossupressão e ao aumento do risco de infecção (acomete muitos atletas). O treinamento desportivo intenso promove queda dos níveis de glutamina.

•Glicina: ajuda na vontade de doce e também serve para reparar o intestino. É usada para formar colágeno, creatina e glutationa.

•Serina: efeito calmante para o cérebro, indicado para estresse e ansiedade.

•Tirosina: importante para o bom funcionamento da tireoide. Precursor da dopamina, norepinefrina, serotonina, e hormônios tireoidianos.